Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Prefeitos buscam apoio de ministérios para usina de biogás no Médio Vale

Publicado em 14/10/2013 às 12:49 - Atualizado em 10/12/2013 às 08:32

Visita de comitiva de prefeitos a usina na Espanha.
Créditos: Michele Prada Baixar Imagem

A comitiva de prefeitos e técnicos da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) e do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (Cimvi) cumpre agenda nos dias 15 e 16 de outubro, em Brasília. O objetivo da viagem é buscar apoio financeiro do governo federal para a construção de uma usina de biogás na região do Médio Vale do Itajaí.

Na manhã do dia 15, terça-feira, a comitiva apresentará o projeto para a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti. À tarde, será a vez dos ministérios das Cidades e do Planejamento, Orçamento e Gestão. Já na quarta-feira, 16, a iniciativa será exposta para a ministra do Meio Ambiente, Izabella Mônica Vieira Teixeira.

Presidente da Ammvi e prefeito de Timbó, Laércio Schuster Junior, explica que o projeto da usina de biogás é uma das necessidades do Médio Vale do Itajaí tanto pela disposição dos municípios em cumprir a legislação federal, quanto para aprimorar o gerenciamento de resíduos com foco na diminuição do impacto ambiental.

“A Ammvi e o Cimvi estão tratando do assunto, produzindo materiais técnicos embasados em nossa realidade para que, de forma integrada, possamos implantar uma iniciativa inovadora que contribua definitivamente para o gerenciamento correto dos resíduos sólidos na região”, analisa Schuster.

 

A usina

O projeto de instalação da usina de biogás na região prevê um terreno de 50 mil metros quadrados, para 10 mil metros quadrados de área construída. Para o processamento de 135 toneladas de resíduos por ano, serão necessários quatro biodigestores e cerca de 100 pessoas. Conforme o secretário executivo da Ammvi, José Rafael Corrêa, a estimativa da geração anual de resíduos para 2020 é de 170 mil toneladas.

Assessora de saneamento da Ammvi, Fabiana de Carvalho Rosa, explica que a usina possibilita o aproveitamento energético através da produção de gás natural, energia térmica e elétrica. Neste caso, “considerando a operação dos quatro biodigestores a uma capacidade máxima, pode-se gerar energia elétrica suficiente para 40 mil lâmpadas ou para 16 mil pessoas”, explica Fabiana.

A Ammvi prevê que, para a implantação do projeto completo da usina de biogás, será necessário cerca de 60 milhões de reais e, para isso, está buscando apoio financeiro do governo federal.

 

Benefícios

Dentre os benefícios decorrentes da implantação da usina de biogás na região, está a diminuição do volume de resíduos a serem dispostos nos aterros sanitários, contribuindo para o aumento da vida útil destes espaços e a redução do passível ambiental. Além disso, será possível o aproveitamento energético através da produção de energia elétrica, térmica e gás.

Todas estas ações garantem aos municípios da região o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que determina que a partir de agosto de 2014 as cidades poderão dispor apenas rejeitos nos aterros sanitários.

“Além disso, o projeto da usina garante a implementação de ações de educação ambiental, contribuindo para a formação de uma população ambientalmente consciente”, observa Fabiana.

 

Comitiva

Além de técnicos da AMMVI e CIMVI, a comitiva é composta pelos prefeitos de Timbó, Láercio Schuster Junior; Doutor Pedrinho, Hartwig Persuhn; Benedito Novo, Osnir Floriani; e Brusque, Paulo Eccel.

 

Programação

Dia 15/10, 10h30: agenda com a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti

Dia 15/10, 14h: agenda com o ministério das Cidades

Dia 15/10, 16h: agenda com o ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Dia 16/10, 16h: agenda com o ministério do Meio Ambiente

 

Contatos: Laércio Schuster Junior (presidente da Ammvi e prefeito de Timbó): 47 9195-3172; José Rafael Corrêa (secretário executivo da Ammvi): 47 9980-0918; Fabiana de Carvalho Rosa (assessora de saneamento da Ammvi): 47 9916-0739.

 

Fonte:

Michele Prada
Relações Públicas (Conrerp RS/SC 2510)
Assessoria de Comunicação
Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí
(47) 3331-5816 ou 8411-5156
Visite nosso site: www.ammvi.org.br